Dica de Livro: "As Crônicas do Vento", de Marco DePaiva

28/3/2016

 

 

 

 

Título: As Crônicas do Vento
Autor: Marco DePaiva
Editora: LivroseBooks
Ano: 2015

 

 

 

Sobre o livro:
Já dizia Fernando Pessoa: “às vezes, ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido.”


O grande poeta português, cheio da sabedoria que lhe era costumeira, não poderia ter melhor definido a grandiosidade de certos momentos, aparentemente tão simples e costumeiramente tão ignorados. E, raro, não é apenas ter a sensibilidade de identificar esses momentos sublimes, mas, também, possuir tempo, em um mundo cada vez mais acelerado, para apreciá-los. 


No livro “As Crônicas do Vento”, de Marco DePaiva, somos agraciados com a doce narrativa de crônicas muito especiais, carregadas desta simplicidade deliciosa. 


Como o próprio autor diz, na contracapa da obra, a inspiração para escrever suas crônicas surgiu em uma tarde, enquanto ele observava uma pequena folha a ser transportada, de um lado para outro, por um vento traquina. Uma cena completamente hipnótica aos olhos daqueles que sabem enxergar a riqueza de um nobre momento.


Como todas as obras de Marco DePaiva, esta é pura poesia. Sua narrativa é leve, embora extremamente envolvente.  É um livro absolutamente lindo, precioso. Indicado para todas as idades.

 

 

 

 

Sobre o autor:
Marco DePaiva é goiano de Ipameri. Graduado em física pela "Universidade de Brasília" e cofundador da editora "LivroseBooks" e do "Festival Literário no Cerrado - FLIC".


Para mais informações sobre o seu trabalho literário, acesse a fanpage: https://www.facebook.com/livrosebooks.

 

 

 

 

Trecho do livro:
“Hoje, o vento amanhecera diferente. Era outro vento. Parecia brisa suave a se divertir com tudo que encontra pelo caminho. Estava reflexivo, tranquilo e testando a paciência do mundo ao seu redor. Não que estivesse mais vivido, mais maduro, sem rança... Em outros tempos, tipo quando amanhece agitado, teria jogado uma mão cheia de areia nos olhos daquela mulher valentona. Mas hoje... O dia está apenas começando e, por enquanto, não mudou de ideia.”

 

 

 

 

Fontes:
- Informações contidas no próprio livro;
- http://www.livrosebooks.com.br;
- www.flic.art.br

 

 


 

Please reload

Andreia Marques é filósofa, escritora, poetisa, mediadora de leitura,  blogueira e designer.

Autora dos livros "Bééé Daqui... Bééé Dali!", "Quibungo", ”Berenice, a Cacatua”, “Melina e as Borboletas Noturnas”, “A Velha Pisadeira”, “Corpo Seco” e "Corda, Cordão e Muita Imaginação!".

Siga-me
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Pinterest Social Icon
Meus Livros
capa.jpg
capa.jpg
Berenice, a Cacatua
capa.jpg
capa.jpg
capa.jpg
capa.jpg
Parceiros
Brasão Nerd
Love Livros
Editora LivroseBooks
Prosinhas Literárias
Mami em Dose Dupla
GAEB
Universo de Utopia
Justi Books
40659668_2265369973684221_31192417527293
Portal Literal
Categorias
Arquivo
Please reload

  • Andreia Marques - Fanpage
  • Andreia Marques - Instagram
  • Andreia Marques - Pinterest


Política de Privacidade


Copyright © 2015-2019 Andreia Marques