Dica de Livro: "Tomai e Bebei", de Max Mallmann

10/10/2017

 

Disse, certa vez, o escritor mauriciano Malcolm Chazal, que "o homem está pronto para tudo desde que lhe seja dito com mistério." De fato, tendemos a ter mais interesse pelo que nos espanta, o que foge do comum e desafia nossa lógica ou coragem. Por isso as histórias misteriosas nos chamam tanto a atenção. Histórias como Tomai e Bebei, de Max Mallmann, publicada pela Aquário Editoral.

 

O conto fala sobre um padre de uma pacata cidade no meio do nada, que convive com a enfadonha rotina de pároco e seus constantes conflitos internos. No entanto, sua vida previsível acaba quando ele recebe uma visita inesperada que coincide com uma série de assassinatos macabros.

 

O padre, então, decide auxiliar nas investigações, arriscando a própria vida, enquanto tudo ao seu redor vai se tornando cada vez mais sombrio.

As ilustrações - feitas por Estevão Ribeiro - e a encadernação diferenciada simulam um Penny Dreadful (centavos de terror), nome dado aos folhetins de ficção e terror que eram vendidos a 1 centavo, na Inglaterra do século XIX, época em que a história ocorre.

 

 Um genuíno penny dreadful. (Imagem: Quadrinheiros.com)

 

Penny Dreadful também é o nome de uma série de terror americana, produzida por John Logan e Sam Mendes e exibida no Brasil pela HBO de 2014 a 2016. 
 

 Imagem: Sapo.pt

 

Enfim, Tomai e Bebei é uma ficção histórica, bem elaborada, que nos remete perfeitamente à época e fatos narrados, com suspense na medida certa.

 

 

Sobre o autor
Max Mallmann nasceu em 1968, em Porto Alegre, e se dedicou ao realismo fantástico, ficção científica e romance histórico. Iniciou sua carreira como roteirista de TV em 1998. Vindo a trabalhar na Rede Globo, foi um dos redatores das novelas Malhação e Coração de Estudante e desenvolveu episódios para as série Carga Pesada e A Grande Família. Escreveu os livros Mundo Bizarro (Mercado Aberto, 1989), Síndrome de Quimera (Rocco, 2000), Zigurate (Rocco, 2003), O Centésimo em Roma (Rocco, 2010) e As Mil Mortes de César (Rocco, 2014). O conto Tomai e Bebei foi escrito em 1997 e lançado pela Aquário Editorial em 2015. Max Mallmann faleceu por causa de um câncer, aos 48 anos, em 2016. Era casado com a escritora Adriana Lunardi. 

 

 

 

O livro pode ser adquirido no site da editora Aquário Editorial:
http://www.aquarioeditorial.com.br/produto/137?v=19d3326f3137

 

 

 

Fontes:

- https://pt.wikipedia.org/wiki/Penny_Dreadful

http://www.aquarioeditorial.com.br/produto/137?v=19d3326f3137

 

 

 

 

 

Please reload

Andreia Marques é filósofa, escritora, poetisa, mediadora de leitura,  blogueira e designer.

Autora dos livros "Bééé Daqui... Bééé Dali!", "Quibungo", ”Berenice, a Cacatua”, “Melina e as Borboletas Noturnas”, “A Velha Pisadeira”, “Corpo Seco” e "Corda, Cordão e Muita Imaginação!".

Siga-me
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Pinterest Social Icon
Meus Livros
capa.jpg
capa.jpg
Berenice, a Cacatua
capa.jpg
capa.jpg
capa.jpg
capa.jpg
Parceiros
Brasão Nerd
Love Livros
Editora LivroseBooks
Prosinhas Literárias
Mami em Dose Dupla
GAEB
Universo de Utopia
Justi Books
40659668_2265369973684221_31192417527293
Portal Literal
Categorias
Arquivo
Please reload

  • Andreia Marques - Fanpage
  • Andreia Marques - Instagram
  • Andreia Marques - Pinterest


Política de Privacidade


Copyright © 2015-2019 Andreia Marques