Dica de Livro: "Você é Poema – Delícias do Cotidiano", de Cris Ávila

21/3/2019

 

 

Onde podemos encontrar a poesia? Alguém responderia: “Nos livros, obviamente!” Claro, se esta for encarada apenas como gênero literário. Mas e a poesia que está presente aqui, ali, acolá? Aquela que passa despercebida ao nosso olhar aflito pela pressa diária? Falo da beleza oculta ao nosso redor, que salta apenas aos olhos mais atentos.

 

Hoje, dizem daquele que aprecia uma flor: “É um sonhador!”, e daquela que se detém para ouvir o canto de um pássaro: “Mais uma desocupada!”. Diante desse cenário tão desanimador, estaríamos perdendo o apreço pela poesia? Alguns afirmam que sim e até se dizem satisfeitos com isso, afinal, é preciso ser realista. Em um mundo cada vez mais desumano, não há espaços para tais  devaneios, rimas ou fantasias. Felizmente, não são todos os que pensam assim. Enfim, o que seria do ser humano sem sua capacidade  de enxergar o belo?

 

Felizmente, também podemos contar com algumas ferramentas para apurarmos nossa sensibilidade e, consequentemente, nosso olhar. Livros como Você é poesia, de Cris Ávila, vem nos salvar dessa cegueira pontual e desastrosa, afirmando, sem titubear, que a poesia está em todo lugar, afinal “eu sou Poema, você é poema, nós somos poema!” Que magnífico é poder ler isso e, mais ainda, incorporar essa verdade em nossas rotinas, cada vez mais agitadas.

 

 

A obra é composta de poemas que tratam do cotidiano, temas como morte, mulher, saudade, sonhos e inquietações se transformam em versos no olhar sensível e singular da autora. Cris Ávila é uma das heroínas do mundo moderno, com sua missão de fazer-nos continuar enxergando a poesia.

 

 

 

Sobre a autora:

Cristina Ávila de Melo mora no Rio de Janeiro. É funcionária pública, graduada em Pedagogia e Pós-graduada em Tecnologias Educacionais pela UFF. Escreve desde a sua infância e utiliza Cris Ávila para se identificar. Atualmente também escreve para a coluna do Jornal Vai Paraty Vip (http://paratyvip.com.br) e participa do Projeto ComPar – Poesia / Futura: Revista Antologia Poética.

 

 


Trecho do livro:
“Mutação
Sou uma, duas, três mulheres ao mesmo tempo.
Acordo alegre,
Notifico a tristeza e tomo decisões radicais.
Sonho durante a tarde e suspiro quando estou dormindo.
Tomo uma atitude e em um segundo,
Mas não consigo me segurar no outro.
Ouso e logo me retraio.
Sou o avesso de tudo que não quero.
E me arrependo de não ser o outro ser que quero.
Complico, suplico e vôo na liberdade de um momento.
Saio, me arrisco e falo bobagens.
Sou séria, sereia, gata manhosa e bruxa.
Gosto e desgosto; amo e odeio.
Sou assim, só assim
.”

 


O livro pode ser adquirido através da fanpage da autora:
https://www.facebook.com/vocepoema/

 

 

 

 

Please reload

Andreia Marques é filósofa, escritora, poetisa, mediadora de leitura,  blogueira e designer.

Autora dos livros "Bééé Daqui... Bééé Dali!", "Quibungo", ”Berenice, a Cacatua”, “Melina e as Borboletas Noturnas”, “A Velha Pisadeira”, “Corpo Seco” e "Corda, Cordão e Muita Imaginação!".

Siga-me
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Pinterest Social Icon
Meus Livros
capa.jpg
capa.jpg
Berenice, a Cacatua
capa.jpg
capa.jpg
capa.jpg
capa.jpg
Parceiros
Brasão Nerd
Love Livros
Editora LivroseBooks
Prosinhas Literárias
Mami em Dose Dupla
GAEB
Universo de Utopia
Justi Books
40659668_2265369973684221_31192417527293
Portal Literal
Categorias
Arquivo
Please reload

  • Andreia Marques - Fanpage
  • Andreia Marques - Instagram
  • Andreia Marques - Pinterest


Política de Privacidade


Copyright © 2015-2019 Andreia Marques